Acessibilidade:

Área de concentração e linhas de pesquisa

Área de Concentração: DESENVOLVIMENTO E MEIO AMBIENTE

A geração de conhecimento em base interdisciplinar, voltado para o desenvolvimento sustentável, constitui um desafio para as ciências em nível global e no contexto do Nordeste do Brasil. O modelo de desenvolvimento ainda predominante nesta região se caracteriza pela degradação dos recursos naturais, da cultura e das condições sociais. Faz-se necessária a formulação e instauração de estratégias de desenvolvimento baseadas em alternativas tecnológicas inovadoras e de gestão do patrimônio natural e cultural. Dessa forma, a proposta deste Doutorado, alicerçada na matriz interdisciplinar das abordagens críticas e sistêmicas, contribuirá para a construção de um desenvolvimento atento às necessidades regionais e às demandas reprimidas de qualificação de recursos humanos. Assim, estabelecer o Desenvolvimento e Meio Ambiente como área de concentração desse Doutorado significa reunir esforços em linhas de pesquisa e formação de profissionais para atuarem em espaços territoriais com recursos naturais e humanos escassos, e demandas sociais crescentes. Logo, é de fundamental relevância que o Curso priorize pesquisas interdisciplinares sobre os problemas regionais e as potencialidades endógenas aproveitando a massa crítica existente. Um dos projetos de pesquisa que alicerçará a base empírica para qualificação de recursos humanos é um Projeto Integrado sobre Manejo Sustentável da Água em Bacias Hidrográficas do Nordeste brasileiro, por considerá-lo fundamental para o fortalecimento dessa Associação em Rede de produção de saberes científicos, que visa catalisar o anseio de sustentabilidade econômica, social, ecológica, cultural e espacial essenciais à autonomia, emancipação e solidariedade ao povo nordestino. Esta área de concentração está respaldada por duas linhas de Pesquisa.

 

LINHAS DE PESQUISA:

 

Planejamento e Gestão de Zonas Semiáridas e Ecossistemas Limítrofes

Gera conhecimentos científicos e tecnológicos multi/interdisciplinares sobre as potencialidades de zonas semiáridas e seus ecossistemas limítrofes. Centra os estudos na dinâmica geoambiental, conservação e uso sustentável dos recursos naturais e atividades produtivas. Investiga a proteção integrada dos ecossistemas e do patrimônio cultural. Pesquisa os mecanismos de mitigação de impactos e recuperação de áreas degradadas e desertificadas. Propõe uma gestão integrada de bacias hidrográficas. Desenvolve inovações tecnológicas para o enfrentamento da seca e adaptação às mudanças climáticas. Concebe estratégias participativas de planejamento e gestão.

 

Ordenamento Territorial e Gestão de Conflitos nos Ambientes Costeiros

Desenvolve pesquisas para a conservação e recuperação de sistemas ambientais de zonas costeiras, com vistas a gerar conhecimento em bases interdisciplinares. Planeja e operacionaliza sistemas de gestão ambiental. Avalia processos de ocupação, conflitos socioeconômicos de comunidades e políticas públicas e governamentais direcionadas ao desenvolvimento sustentável (turismo, agronegócio, energia, irrigação, dentre outros). Estuda a dinâmica de ambientes costeiros e de conflitos oriundos das contradições entre dinâmicas socioambientais específicas.