Acessibilidade:

Disciplinas obrigatórias

Desenvolvimento e sustentabilidade no Brasil (03 cred.)
Estratégias de intervenção no Brasil e seus pressupostos. Relação público/privado na sociedade brasileira. Desequilíbrios ecossistêmicos urbano e rural. Ecodesenvolvimento e sustentabilidade socioambiental. Arranjos institucionais e políticas ambientais. Experiências regionais.

Lógica e Crítica da Investigação Científica (03 cred.)
O empreendimento da ciência, conhecimento, pensamento e ação, estratégias e táticas. Materiais, conceitos, leis, modelos, teorias e paradigmas. Epistemologia e crítica da ciência: busca inacabada e o paradoxo do saber, ciência e mito. A complexidade básica. Ciência e Valores. Desenvolvimento do método científico: a observação, a experimentação e a formulação de modelos. A análise e a crítica dos dados experimentais. Redação e normatização de documentos científicos.

Meio Ambiente e Interdisciplinaridade (06 cred.)
Historicidade, ortodoxia e heterodoxia dos programas científicos de pesquisa socioambiental. Simplicidade e complexidade na produção de conhecimentos e as interações da sociedade e o meio ambiente. Teoria de sistemas, caos, fractais e outros padrões irregulares de formatação do projeto. Relação entre saber, poder e prazer na intencionalidade científica ambientalista. Modernidade, contemporaneidade e ressignificacão transdisciplinar como perspectiva metodológica para a pesquisa ecopolítica. Reducionismo, holismo e transversalidade nas práticas científicas sistêmicas. Heurística, funções, processos e produtos superadores da disciplinaridade. Ética, ciência, política e o sagrado: a triangulacão de dados e a lógica do terceiro incluído na operacionalização da pesquisa supradisciplinar. Processos de pesquisa interdisciplinar.

Sociedade, Natureza e Desenvolvimento - Fundamentos (04 cred.)
Os princípios éticos e filosóficos da relação sociedade-natureza e o surgimento da questão ambiental. Princípios ecológicos, sociais e econômicos básicos. Desenvolvimento, cultura, ciência, tecnologia e processos produtivos. A racionalização do uso do patrimônio histórico-ecológico no contexto do desenvolvimento econômico e social. A problemática do meio ambiente e suas repercussões no campo das teorias do Desenvolvimento e do Planejamento. Conceitos do desenvolvimento sustentável.